por Marcelo Passos
5 Média 11
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




O amor é paciente, é bondoso; o amor não é invejoso, não é arrogante, não se ensoberbece, não é ambicioso, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não guarda ressentimento pelo mal sofrido, não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (Paulo de Tarso)
Irmãos,
Amai-vos uns aos outros como Cristo nos amou e continua a nos amar, ame a teu próximo como a si e aos seus, ame os teus inimigos e não os sentencie com sentimentos miseráveis que traduzem em atitudes condenáveis e que não permite privilégios, pelo contrario, aquele que conserva em perigosas emoções atrairá a si profundas tristezas e sérias doenças.
Amar o teu semelhante não é simplesmente deseja-los, é respeita-lo e ensina-lo e é contrariar muitas vezes ímpetos e desejos. Amar é se entrega a vida em Cristo no navegar nas águas do oceano divino a conduzir ao porto eterno.
Amar é liberdade, amar é sonhar e realizar e é permitir em muitos momentos e é negar em outros, amar é ser firme ao orientar e é ser humilde no aprender, amar é sempre amar; e aonde encontra-lo? Em tudo. E aonde enxerga-lo? Na alma. E aonde identifica-lo? Nas emoções a invadir a alma propiciando um estagio de felicidade no contexto universal da busca incessante pelo ambiente que propicie enxergar na vida o dom de Deus expresso em todas as coisas.
Amar é personalíssimo, amamos o que queremos e vivemos o que buscamos. A fórmula do amor não se cria, pois já existe em nós como o sopro de Deus a tocar a face levitando a alma no caminhar ainda mais seguro e certo de que vale sempre expressar o que da virtude se interpreta.

Bezerra de Menezes, escrito pelo médium Marcelo Passos.
23/05/2016.

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel






Deixe seu comentário!