5 Média 1
O que você achou deste livro?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem

Adolfo Bezerra de Menezes foi um dos mais importantes líderes que o movimento espírita já conheceu. Dotado de uma cultura invulgar e de uma oratória arrebatadora, curiosamente o traço mais marcante de sua personalidade foi a dedicação apostólica na tarefa de minorar o sofrimento humano, sendo por esse motivo cognominado o ?médico dos pobres?. A bibliografia espírita a respeito de Bezerra de Menezes nos trouxe, até agora, além da própria biografia terrena do insigne ?Kardec brasileiro?, o conhecimento de fatos ocorridos no mundo espiritual pouco anteriores ao seu nascimento ? como é o caso da bela narrativa de Humberto de Campos, em Brasil, coração do mundo, pátria do evangelho, em que Ismael convoca o antigo discípulo do Cristo para a missão em terras brasileiras ? e posteriores à sua desencarnação ? como o convite que nos narra Ramiro Gama, em Lindos casos de Bezerra de Menezes, tendo Chico Xavier como fonte de informação, feito por Maria, a mãe de Jesus, a que ele ascendesse a novos e mais altos planos, convite que, como sabemos, foi recusado a fim de que Bezerra pudesse continuar a auxilar a humanidade ainda tão persistente no erro.
O 13º Apóstolo é uma biografia inteiramente diferente, pois narra, pela primeira vez, as vidas anteriores de Bezerra de Menezes, encarnações em que assumiu tarefas sempre ligadas à divulgação da mensagem do Cristo entre os homens. Zaqueu, Matias, Quinto Varro, Quinto Celso e Parmênio são diversos dos nomes da mesma individualidade que mais tarde iria se chamar Bezerra de Menezes. As fontes utilizadas pelo autor são as narrativas de médiuns de credibilidade inconteste, como é o caso de Yvonne Pereira, Chico Xavier e Newton Boechat.

ISBN 8588877260
Ano 2004
Páginas 203
Acabamento Brochura
Formato Médio
Edição 2
Adicionado ao site em 2011-02-01 14:40:09

Recomende este livro

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel

Mais livros de Jorge Damas Martins livros







Deixe seu comentário!