As Aparências Enganam

As Aparências EnganamNum orfanato, igual a tantos outros que enxameiam por toda parte, havia uma pobre órfã, de oito anos de idade.
Era uma criança lamentavelmente sem encantos, de maneiras desagradáveis, evitada pelas outras, e francamente malquista pelos professores.
Por essa razão, a pobrezinha vivia no maior isolamento.
Ninguém para brincar,
ninguém para conversar... Sem carinho, sem afeto, sem esperança... Sua única companheira era a solidão.
O diretor do orfanato aguardava ansioso uma desculpa legítima para livrar-se dela.
E um dia apresentou-se, aparentemente, uma boa desculpa.
A companheira de quarto da menina informou que ela estava mantendo correspondência com alguém de fora do orfanato, o que era terminantemente proibido.

- Agora mesmo, disse a informante, ela escondeu um papel numa árvore.
O diretor e seu assistente mal puderam esconder a satisfação que a denúncia lhes causara.
Vamos tirar isso a limpo agora mesmo, disse o superior.
E, somando-se ao assistente, pediu para que a testemunha do delito os acompanhasse a fim de lhes mostrar a prova do crime.
Dirigiram-se os três, a passos rápidos, em direção à árvore na qual estava colocada a mensagem.
De fato, lá estava um papel delicadamente colocado entre os ramos.
O diretor desdobrou, ansioso, o bilhete, esperando encontrar ali a prova de que necessitava para livrar-se daquela criança tão desagradável aos seus olhos.
Todavia, para seu desapontamento e remorso, no pedaço de papel um tanto amassado, pôde ler a seguinte mensagem:
"A qualquer pessoa que encontrar este papel: eu gosto de você."
Os três investigadores ficaram tão decepcionados quanto surpresos com o que leram.
Decepcionados porque perderam a oportunidade de livrar-se da menina indesejável, e surpresos porque perceberam que ela era menos má do que eles próprios.
Quantos de nós costumamos julgar as pessoas pelas aparências, embora saibamos que estas são enganadoras.
E o pior é que, se as aparências não nos agradam, marcamos a pessoa e nos prevenimos contra ela e suas atitudes.
Uma antiga e sábia oração dos índios Siuox, roga a Deus o auxílio para nunca julgar o próximo antes de ter andado sete dias com as suas sandálias.
Isto quer dizer que, antes de criticar, julgar e condenar uma pessoa, devemos nos colocar no seu lugar e entender os seus sentimentos mais profundos.
Aqueles que talvez ela queira esconder de si mesma, para proteger-se dos sofrimentos que a sua lembrança lhe causaria.

Nenhuma pessoa é essencialmente má.
Isso porque todos nós temos, na intimidade, a Centelha Divina que é o amor em gérmen.
Assim sendo, potencialmente todos somos bons, basta que nos esforcemos para fazer brilhar essa chama sagrada depositada em nós pelo Criador.
Jesus conhecia essa realidade, por isso afirmou: Vós sois deuses e noutra oportunidade insistiu: Brilhe a vossa luz.

Redação do Momento Espírita

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação." Chico Xavier - Emmanuel

Mensagens em Áudio Relacionadas

Comentários.

  1. cleone de souza araujo disse:

    linda mensagem

  2. Nunca julgar o próximo,princpalmente pela sua Aparência.
    Quem somos nós para julgarmos,não somos perfeitos.
    Só umpde nos julgar Deus.
    Que Deus ilumine os caminhos de vocês

  3. Nadia Rosangela disse:

    Qeu a paz de Deus esteja com todos.Esta mensagem faz nos refletir o que a vida nos ensina muito e nos nao percebemos o quanto nos erramos de julgar as pessoas e devemos refletir e seguir esta mensagem que nos faz brilhar e aquela pessoas que julgamos devemos orar e praticar a caridade por que o verdadeiro espirita busca a paz e esta sempre com Deus.

  4. Equipe Mensagem Espírita disse:

    Vera, tentamos colocar as mensagens diariamente, mas nem sempre é possível, por isso em alguns dias você não recebera uma mensagem nova, caso você esteja tendo problemas em receber os emails curta nossa página no Facebook http://www.facebook.com/mensagensespiritas
    onde as mensagens também são postadas.

    Abraços Fraternos

  5. vera beatriz perez do canto disse:

    Já me cadastrei duas vezes para receber por e-mail as mensagens diárias; só que, não sei o motivo, mandam-me durante uns poucos dias e depois as suspendem novamente. Porque acontece assim? se existe um compromisso explícito, porque o mesmo não é cumprido regularmente?
    Em se tratando de um compromisso Espiritual, creio que deveria ser cumprido com o rigor que nos merecem tudo que fala à ESpiritualidade.
    Atenciosamente,
    Vera Beatriz Perez do Canto

  6. adriene angelica (adriene angelica@yahoo.com.br) disse:

    Que lindo. Mas infelismente no nosso egoismo deixamos que o lado ruim julgue e condene com malicia as pessoas que muitas vezes nem conhecemos. Mas mesmo que conhececimos, nao teriamos esse direito pois nao somos perfeitos. E aprendamos que as aparencias nao faz o carater e sim as atitudes. Bom dia meus amigos.

  7. disse:

  8. José Antonio disse:

    A mensagem nos alerta para não emitirmos julgamentos apressados, pois quando o fazemos, erramos na maioria das vezes.Erramos também ao emitir julgamento em uma situação de conflito entre duas pessoas, quando escutamos apenas uma das partes.

  9. disse:

  10. marcos disse:

    belas palavras para refletirmos,muita paz.

  11. marcos disse:

    Belas palavras para refletirmos,muita paz a todos.


  12. Gostei da linda menssagem, de hoje a cada momento nos fortalece porque deus está em todo lugar,

  13. +1
    Rita Martins disse:

    A Doutrina Espirita nos ensina o exercicio diário do Amor ao Próximo........se nem Jesus nos julga porque nos dá o livre-arbitrio......quem somos nós p.julgarmos irmãos de caminhada!

  14. giseli disse:

    Deus sempre esta presente em nossas vidas mas muitas vezes esquecemos e so lembramos quando estamos em dificuldades devemos buscar estar sempre com intimidade com Deus pois sem ele nada iria existir e por esse motivo a chama do Pai maior esta em nossas vidas vamos alimentar com amor e sempre buscar a doutrina espirita que e o conhecimento divino. Jesus o amor incomparavel que nao existe raca e nem cor vamos buscar seguir o exemplo do mestre. A salvacao esta na caridade e no amor ao proximo.

  15. maura bezerra vilar (maura_vilar@hotmail.com) disse:

Enviar por e-mail