5 Média 52
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Aproveite o amor de pertinho... Um dia, assim, do nada, ela vai parar de te chamar para dar o beijo de boa noite e colocar a coberta antes de dormir.

Um dia assim... Do nada, ela vai trancar a porta do banheiro para tomar banho, vai estudar sozinha para a prova, vai receber a ligação de um amigo...

Vai ligar o microondas e esquentar o próprio leite de manhã. Um dia, ela vai fazer um bolo para você e a própria panqueca. E vai compreender, sem chorar ou reclamar, que não precisa de outra mochila para começar o ano escolar.

Ela vai parar de deixar todos os brinquedos espalhados pela casa... Porque não vai mais brincar tanto.

Um dia, sem avisar, ela vai crescer. E você vai se orgulhar de quem ela é agora. Da semente que plantou. Vai olhar e ver que tudo que fez compensou, valeu a pena.

Mas até lá, aproveite o cansaço de ninar o seu bebê todos os dias, aproveite a falta de espaço na cama com seu filho no meio, aproveite enquanto cabe todo mundo na cama.

A falta de tempo e energia pra namorar. Aproveite a desobediência, aproveite o barulho, o cheiro, o andar tropeçando em brinquedos.

Aproveite o trabalho, a preocupação, a tarefinha da escola, o bilhetinho de dia das mães.

Aproveite o amor de pertinho, enquanto eles são crianças... Um dia você vai lembrar que ela não te chamou pra dar o beijo na hora de dormir, e vai lembrar que ela só gostava de dormir no colinho, ou na sua cama...

Seu coração vai apertar e você vai chorar... Eu chorei... Mesmo adorando tudo que ela é agora, amando tudo que ela faz e a relação que temos hoje. Mas ela não cabe mais no colo, só no coração mesmo...

Texto: Paula Jacome

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel





Deixe seu comentário!