por Momento Espírita
5 Média 100
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




A vida moderna é muito rica e variada.
Entre infinitas possibilidades, por vezes as criaturas se sentem perdidas.
Quando quase tudo é possível, surge a dúvida quanto ao que é de fato importante e conveniente.
Você já parou para refletir sobre as escolhas que tem feito ao longo de sua vida?
Elas são coerentes com um projeto sério de metas previamente eleitas?
Ou você vai ao sabor das circunstâncias, sem pensar muito no que faz?
O raciocínio constitui uma bênção Divina em favor da Humanidade.
Ele deve ser usado para guiar o homem em sua trajetória evolutiva.
Convém raciocinar sobre quais são os seus objetivos e valores.
Pense sobre o que você realmente deseja.
Evite ser um autômato, que imita o comportamento alheio, sem raciocínio crítico.
A responsabilidade por suas escolhas é exclusivamente sua.
Pouco importa que os vizinhos ou amigos tenham agido de modo semelhante ou mesmo pior.
Como você utilizou seu tempo na Terra, as opções que fez, tudo isso ficará registrado em sua consciência.
Pense que você é um Espírito imortal temporariamente vinculado a um corpo físico.
O seu mergulho momentâneo na matéria integra um amplo programa de burilamento e ascensão.
Você renasceu com a finalidade de se desapegar de velhos vícios e desenvolver virtudes.
Está cumprindo esse programa redentor ou perdendo-se em bobagens?
Medite seriamente sobre o modo como tem gastado seu tempo na Terra.
Segundo afirmou o Cristo, onde está o seu tesouro, aí está o seu coração.
O que o homem valoriza e busca com insistência domina os seus sentimentos.
Os sentimentos amplificam o valor inicial e tornam a busca mais intensa.
Isso pode ser um círculo vicioso ou virtuoso, conforme o tesouro almejado seja nobre ou vil.
A busca por honrarias e riquezas desvia o Espírito de seus reais projetos.
Envolto em ilusões, ele se perde no alarido vistoso do Mundo.
Já a procura por emoções nobres e por uma vida reta e digna conduz à plenitude.
Caso perceba que está trilhando caminhos tortuosos, esforce-se por retificá-los.
Utilize a razão em seu favor.
Fixe em sua mente que é um Espírito imortal e que a vida na Terra é passageira.
Conscientize-se da inarredável verdade de que a morte do corpo é coisa certa.
E de que a libertação dos círculos de dor pressupõe o bom aproveitamento das oportunidades recebidas.
Compenetrado disso, coloque o seu tesouro nos dons espirituais.
Centre a atenção em burilar seu intelecto, em dominar antigos vícios e em desenvolver bondade e compaixão.
Transforme o aprimoramento pessoal em sua meta maior.
Gradualmente, o seu coração passará a estar junto com esse tesouro imortal.
O esforço do princípio se converterá em facilidade e em prazer.
O hábito do bem forjará uma segunda e maravilhosa natureza.
Então, você experimentará a paz de quem colocou o próprio tesouro onde ninguém pode roubar.
Pense nisso.
Redação do Momento Espírita.

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel






Deixe seu comentário!