por Momento Espírita
5 Média 4
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Até bem pouco tempo, chegar aos quarenta anos significava o início do declínio da vida. Época em que fenecem os sonhos, o mercado de trabalho se fecha e os amigos começam a morrer.

Pois saiba que tudo está mudando. Empresas de grande porte, nacionais e internacionais começam a buscar pessoas, não somente experientes em negócios, mas com histórias de vida para contar.

É o que informa uma revista de circulação nacional, voltada para executivos. O momento atual, muito complexo, pede pessoas que já tenham vivido diversos tipos de situação.

E noticia a existência de uma organização criada em 1975, por um grupo de pessoas preocupadas com as aposentadorias cada vez mais precoces na França.

A ideia é, justamente, impedir que pessoas com conhecimento e experiência, ainda cheias de vida, fiquem sem fazer nada, desperdiçando tempo e oportunidade de continuar produzindo.

A organização conta com quatro mil membros, chamados de consultores. Não cobram fortunas por hora para ajudar no desenvolvimento de empresas, em qualquer parte do mundo.

Quem os contrata precisa pagar uma passagem de ida e volta para a França, arcar com despesas gerais, oferecer alimentação e um lugar para hospedagem.

Entre os consultores existem engenheiros, advogados, pesquisadores, administradores e especialistas das mais diversas áreas.

Na condição de voluntários, eles servem a quem os chamar, em qualquer localidade do mundo. O seu prazer é trabalhar, auxiliar, em vez de desperdiçar o seu profissionalismo em casa, vendo TV ou se permitindo a hora vazia para a depressão ou a crítica constante.

Com representantes no Brasil, mais precisamente em São Paulo, a organização vem realizando excelentes serviços. Ganham os jovens com a experiência dos mais velhos, ganham as empresas que os contratam, ganham os idosos que podem mostrar que ainda têm muito para oferecer.

* * *

Se você está chegando próximo à idade de aposentar-se, programe-se para continuar na ativa. Se não desejar continuar na sua área de atuação, planeje desde já o que deseja para os anos seguintes da sua vida.

Nem pense em colocar chinelos e viver de pijama, em casa, vendo TV, espreguiçando-se no sofá.

Conserve ativa a sua mente e seu corpo. Trabalhe. Não se entregue. Nunca desista de produzir. Não deixe de aprender, de ler, de pesquisar.

Quem afirma que a memória vai enfraquecendo com a idade é porque coloca limites para si mesmo.

Envelhecer não é ruim. O ruim é você se aposentar de si mesmo e desistir de viver.

Não aposente a sua vontade de amar. Ame com mais intensidade. Ame a natureza, sua família, seus amigos.

Não aposente a sua vontade de trabalhar. Cultive flores, semeie árvores frutíferas, plante o bem onde estiver.

Não aposente a sua vontade de ensinar. Ensine o que lhe custou anos para aprender. Ensine o que você experimentou e foi positivo.

Enfim, lembre-se: envelhecer é muito saudável. Só depende de você.

Redação do Momento Espírita

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel






Deixe seu comentário!