por e
5 Média 10
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Sem dúvida a criança merece a consideração da fé religiosa, da poesia e do romantismo — todas essas homenagens as crianças merecem — no entanto, é preciso relembrar, seja de público ou nos serviços do lar, que a infância é o período mais grave da nossa renovação.
Todos nós que constituímos a Humanidade, somos grande multidão de Espíritos reencarnados em marcha no rumo de Planos superiores, entretanto, cada um de nós traz na retaguarda o peso do passado, e a infância é a hora de renovar as nossas forças para retomar o pretérito.
Da puberdade para frente é mais difícil qualquer renovação. Seja pois, permanente o nosso esforço para imprimir aos nossos entes queridos na infantilidade os traços do aprimoramento de que necessitamos. Isso é importante em todos degraus da construção social.
Rendamos, assim, nosso preito de amor aos pequeninos, a fim de melhorar a vida de nós mesmos.
Todo carinho aos irmãos ou seres amados para que se adaptam à existência, com o mínimo de ilusão em favor deles próprios.
Dói ver tantas criaturinhas enganadas para despertarem muita vez em provas dolorosas.
Consideremos que nossas homenagens à criança sejam proteção contra a fraqueza e contra o mal.
Que estas notas nos calem no íntimo e que a compaixão pelos meninos funcione conosco em cada dia.
Doemos à criança, seja onde for, nosso respeito, amparo, amor e luz e estaremos colaborando para a vida nas bênçãos de Jesus.

Chico Xavier - Maria Dolores

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel







Deixe seu comentário!