5 Média 23
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Depois da morte de sua filha, Ana Rosa se converteu ao Espiritismo. "Nós espíritas nos preparamos para a perda dos entes queridos. A partida dos mais velhos é quase natural, mas foi doloroso me adaptar a essa realidade. Na verdade, aprendemos a conviver com a perda, a falta, mas nunca a superamos", disse a atriz, em entrevista concedida à revista Caras.

Crente na vida após a morte e nos espíritos, na mesma entrevista, Ana Rosa contou que uma vez, um médium viu sua filha que havia morrido, sentada em seu colo. Em um outro momento, ela mesma teria visto o filho em uma sala de aula, dois meses após o falecimento do menino.

Violetas na Janela

Em 1997 Ana Rosa fez a adaptação do livro Violetas na Janela para o teatro, participando de sua produção. Somente entre 1997 e 2007, o espetáculo já havia sido assistido por mais de 300 mil pessoas, em apresentações por quase todos os estados brasileiros. A peça é baseada em um romance escrito pelo espírito que se denomina Patrícia, através da médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho. Ana Rosa montou o espetáculo após a morte da filha, que tinha a mesma idade de Patrícia.

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel





Deixe seu comentário!