por
5 Média 52
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Começa uma festividade neste início do mês em que todos os pais recebem aquele abraço do grande filho, data em que o calor do amor é lembrado por duas almas, que firmarão um compromisso nesta vida.
Uma que chegou primeiro e outra que veio em auxílio para assim completar uma trajetória da primeira.
Estas duas forças se unem de uma maneira que nem o tempo separa.
O grande amor nesta vida é simplesmente a continuação de vidas passadas, são verdadeiras almas GÊMEAS de um puro e sólido amor.
Existe um lugar neste imenso espaço, a eternidade, o lugar que almas se amam, que o amor é a palavra chave da continuação do ser.
Neste paraíso encontramos forças, recebemos a pura luz do espírito.
Onde quando abastecido do amor, voltamos a este mundo de ventos, repassar ou tentar distribuir os conhecimento adquiridos no andar de cima, pois nossa trajetória da vida terrena ainda não é o fim.
Nascemos, e após este acontecimento divino, chegamos como filhos, completando assim mais um elo desta corrente da vida, onde nossos pais crescem e fazem- nos crescer, sermos polidos como diamantes brutos que somos.
Somos iguais a uma grande árvore frutífera, nossos frutos bem cuidados são repassados ao longo dos tempos, e formarão outras árvores e outros elos desta corrente da força dentro de um combinado.
Mas temos a responsabilidade em saber de que esta grandiosa árvore da vida, pode estar no final de sua produção, pois seu tempo em vir e ir chegou ao grande e merecido final, a corrente está completa.
Hoje a solidão me abate, o elo desta corrente se foi, ouve um combinado, ele só veio orientar-me por um tempo, seu brilho, sua infinita luz deve brilhar no mundo de onde viemos seu trabalho continua sem interrupções.
Levou consigo mais um novo conhecimento adquirido aqui, e repassá-los a irmãos que chegam e partem sem este avanço da doutrina espiritual.
Esta solidão, sei que é momentânea, pois dentro de minha alma tenho a certeza em que aqui nestes passageiros ventos, que são na verdade o sopro de um grande CRIADOR, de que darei continuidade neste combinado na verdadeira vida, onde serei o elo para completar uma nova corrente no plano espiritual, serei um fruto da imensa árvore frutífera no plano de DEUS.
A todos os pais e filhos desta árvore terrestre
Acredite sempre nesta continuidade, neste pomar da vida espiritual.
Esta temporária solidão terá um fim
E, um novo recomeço no andar de cima.
Aqui é apenas uma entrada, para passarmos nesta várias portas que serão abertas um dia, dependendo de nosso desenvolvimento, em acreditar nos planos de nosso SUPREMO
Estas portas serão as portas dos conhecimentos
Portas do puro amor
Portas da regeneração
Portas próximas da vida eterna
Porta que será aberta por alguém que amou
Que aprendeu com sua vinda e sua partida
Receberá aquele infinito abraço que tanto esperou
Indepentende de você ter sido, PAI OU FILHO.
Mas confiante que retorna aos braços de outra parte
Do seu outro elo
Da sua verdadeira alma GÊMEA.
VIVA O DIA DO RECONHECIMENTO.
VIVA O DIA DO PAI E DO FILHO TAMBÉM.

TONINHO CAMISAO/ FREDERICO VALE CAMISÃO

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel






Deixe seu comentário!