por
5 Média 43
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




O vento teus cabelos balançava
Corridas beira praia olhando o mar
O príncipe encantado contigo estava
Sorrindo os dois eternos amores jurava

As garças sobrevoavam no ar
Os barcos ao longe se avistavam
De mãos dadas os dois alegres sorriam
Tudo era poesia nada ali faltava

Eu te amo; juro-te minha princesa.
Teus olhos meu caminho conduz
Teu sorriso ilumina minha alma
Tens o olhar terno que irradia luz

Alma gêmea, paixão amor eterno.
Nada temendo, nem mesmo tempestade.
Unidos caminham cheio de amor puro
Pulando os tropeços, buscando só felicidades

As lagrimas que são derramadas no caminho
São os adubos, as flores lindas e perfumadas.
Elas orgulhosas forman lindos tapetes
As duas “ALMAS GÊMEAS” são homenageadas

Em fim cidades distantes nasceram
Porem certos dias felizes se encontrou
O canto das águas do mar ali comemorou
Duas almas ali um só poema escreviam

ALMA GÊMEA seu destino uniu
Com a outra ALMA terna comovida
Juntinhos nos braços, um do outro.
O caminho do amor seguiu pela vida

O poeta em versos, este amor escreveu;
Chorando não a tristeza, mas... alegria
Do passado ele sua vida relembrou
Também sua ALMA gêmea encontrou um dia

Poemas e, versos, cantos, poesia escreve.
O poeta com carinho e amor
Tendo em seu coração triste saudade
Da outra alma que partiu deixando a dor

“ALMA GÊMEA”, espalhadas no universo.
Buscando aflito a outra encontrar
Mesmo sendo difícil, o caminho creia.
Nunca desista, sua alma esta por ti esperar.
E retribuir este verdadeiro e puro amor
E viver eternamente no paraíso
Onde todas, e verdadeiras ALMAS GÊMEAS.
São merecidas a reinar, e amar estes puros sentimentos.

Toninho Camisão / Leide Camisão

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel






Deixe seu comentário!