5 Média 49
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Pai, desde que fui semeado aqui, minha vida não tem sido nada ruim. No começo eu fui tomando forma, depois fui crescendo, crescendo, e agora já pareço uma cópia (meio achatadinha) de você.

Pai, como tem água aqui! Antes de sair, quero lhe dizer que não estou com medo. Alguns anjinhos me contaram que vou morar num lugar apelidado de "Planeta Água". Então, acho que não vou estranhar muito.

Quero avisá-lo que na hora em que eu sair, vou abrir um berreiro daqueles, tá? Afinal, já sei que vou dar de cara com um baita espaço e muita gente estranha em volta de mim. Mas logo vou me acalmar, porque vou reconhecer a sua voz e a da mamãe. Depois você vai me aconchegar no seu colinho, todo orgulhoso, e vou me sentir segura de novo.

No começo vou dar um pouquinho de trabalho. Até eu me habituar, muitas vezes vou acordá-lo com meu chorinho por causa de fome, dorzinhas de barriga, de ouvido, resfriadinhos e aquelas coisas próprias de gente muito pequena.

Ah! E não fique com ciúme da mamãe, viu? Por algum tempo ela deixará você meio em segundo plano, pois estará por demais ocupada com a grande novidade chamada EU. Isso não quer dizer que o amor dela por você terá diminuído. Vocês poderão namorar quando eu conseguir dormir por mais tempo.

Na continuação, tudo irá se ajeitando; o amor que teremos um pelo outro aumentará cada vez mais e, um belo dia, você se verá encomendando uma correntinha com um pingente de ouro incrustado com meu primeiro dentinho de leite. Isso sem falar nas minhas botinhas, que você levará penduradas no espelho retrovisor do carro!

Mais adiante irei para a escola, e vou cantar para você em todas as festinhas de Dia dos Pais. Nos finais de semana brincaremos e viajaremos juntos e, finalmente, um dia estarei crescida, talvez do seu tamanho.

Lembrarei com saudade dos maravilhosos momentos que teremos passado juntos na minha infância e, em todos os meus aniversários, lhe darei mais um daqueles emocionados abraços, dizendo: ‘Segura mais esse, pai! Filho criado é trabalho dobrado!’

Se prepara... Tô chegando, papai!”.

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel





Deixe seu comentário!