por Hugo Lapa
5 Média 82
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




A água é um dos quatro elementos da natureza. Assim como todos os elementos, ela possui propriedades simbólicas e energéticas. A água é um diluidor e armazenador universal de energias e vibrações. Algumas pessoas têm o costume de colocarem um copo de água ao lado da cama para que o líquido absorva todas as energias densas que entramos em contato durante o sono. Quem pratica esse exercício sabe que não se deve beber esta água de toda uma noite, pois ela possui uma alta concentração de energias que podem não ser benéficas para nós.

A água movimentada tem menos possibilidade de acumular vibrações, pois o movimento a faz acumular e liberar ao mesmo tempo essas energias. Um exemplo disso é a água dos rios e mares, que sempre fica circulando, e por isso não são o receptáculo de energias que nelas se depositam. Na medida em que a água circula, flui, ela vai retendo e liberando, o que a torna uma excelente fonte de energias puras, como as águas de nascentes e rios, obviamente desde que estejam livres de qualquer poluição provocada pelo homem.

O que ocorre em nascentes e rios já não ocorre com a água encanada e guardada em geladeiras ou depósitos. A água que fica parada num ponto tende a absorver do meio externo toda a sorte de impurezas que permeiam o ar. Por isso se diz que a água é um excelente fator para se avaliar a qualidade das vibrações de um determinado ambiente. Se a água desse ambiente contiver vibrações positivas, então o local tem a prevalência de energias boas e elevadas. Se, ao contrário, o local possui energias negativas, densas, deletérias, naturalmente a água vai armazenar tudo isso, e reter por um tempo.

Algumas pessoas que visitam casas de parentes, amigos ou mesmo desconhecidos podem sentir sede e optarem em beber a água da residência. Acontece muitas vezes dessas pessoas, ao ingerirem essa água, passarem mal, sentirem tontura, mal estar, dores, e outros efeitos e sintomas desagradáveis. Isso ocorre por conta das energias que a água acumula, que nada mais é do que um medidor das vibrações do ambiente e das pessoas que moram nessa residência, assim como de suas companhias espirituais.

Dessa forma, há um experimento simples para se purificar essa água em seu nível vibratório e liberar essas energias ruins. O experimento consiste no seguinte:

– Pegue o recipiente com a água.

– Faça uma oração e coloque a sua mão sobre o recipiente com a água.

– Mentalize que as energias elevadas de seu centro cardíaco vão se encaminhando para a água, e que todo o líquido vai se limpando de todas as impurezas de vibrações, pensamentos e sentimentos.

– Após essa mentalização, beba a água sabendo que ela está pura, e sinta-se interiormente puro tal como a água que acabou de beber.

Algumas pessoas mais sensíveis às vibrações podem nem mesmo sentir vontade de beber água, tal é a quantidade de vibrações que sentem estar armazenadas. Com esse experimento simples, elas provavelmente vão sentir mais vontade de beber água.

Vale lembrar que água é vida, e que sem água o ser humano jamais poderia se perpetuar na Terra. Façamos todos os esforços para manter nossas águas, rios, mares, lagoas, etc, sempre livres de poluição. Não suje os mares e rios. Muitas pessoas desconhecem esse fato, mas um rio é um ser vivo, tal como as plantas e os animais. Vamos respeitar a natureza naquilo que ela tem de mais sagrado.

Cuidando de nosso lar planetário, cuidamos de nós mesmos e asseguramos a harmonia de todos os níveis e aspectos, externo e interno.

Autor: Hugo Lapa

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel






Deixe seu comentário!