5 Média 7
O que você acha deste escritor?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem

Nascida em 11/09/1943, Elisa Masselli foi uma criança pobre, mas nunca infeliz. Sua mãe tinha uma teoria que "criança precisava brincar, pois quando crescesse teria uma porção de problemas, e que cabia a mãe o serviço da casa.". Durante sua infância sempre brincou muito. Aos 17 anos, sua irmã, Nair, que lhe criou, entrou em uma profunda depressão até tentar o suicídio por duas vezes. Após várias internações, suicidou-se por enforcamento no chuveiro. Aquilo, para ela, foi a destruição de tudo o que havia aprendido sobre Deus. Porém, logo conheceu um senhor que lhe apresentara o livro Nosso Lar de André Luiz. Como gostava muito de ler, apaixonou-se pela leitura e pelo conteúdo da obra em questão, e afirmou "Comecei a ler, e me apaixonei. Talvez por ser aquilo que eu queria ouvir, que minha irmã, poderia não estar em um bom lugar, mas que não estava sozinha e que a qualquer momento poderia ser resgatada e que teria uma nova chance de reencarnar. Li aquele livro rapidamente e o seu José foi me trazendo toda a coleção dos livros de André Luiz. Quando terminei de ler todos, estava apaixonada por tudo o que havia lido, comecei a freqüentar a Federação Espírita do estado de São Paulo."
Em 1964 casa-se com Henrique que faleceu em 1984. "Sofri muito ao ver o sofrimento de meu marido, pois para todos e principalmente para mim, ele não merecia sofrer daquela maneira, mas eu havia aprendido que tudo estava sempre certo e que quem sabia das coisas era Deus, por isso não me desesperei."
No ano de 1991,sem saber porque e como, começou a ouvir vozes sendo que uma delas lhe havia dito que teria que escrever romances com ensinamentos. Para a psiquiatria, isso não passava de uma crise psicótica. Após uma fase turbulenta de depressões e dúvidas, teve sozinha a idéia de escrever um livro que começou tomar conta dos seus pensamentos e resolveu escrever só para passar o tempo. Aos poucos a história foi surgindo. "Eu não acreditava que estava escrevendo uma história como aquela. Eu chorava e ria enquanto escrevia. Quando ficou pronta, mandei para a editora de Dona Zibia Gasparetto". Título: Quando o Passado não Passa. Naquele instante lembrou do que a voz havia dito. " Não importa o nome, o que importa é que você escreva.". Assim nasceu a escritora Elisa Masselli.


Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel


Livros de Elisa Masselli livros





Deixe seu comentário!