por e
5 Média 17
O que você achou desta mensagem?
@
@
Para enviar esta mensagem para mais de um(a) amigo(a), separe os endereços de e-mail por virgula. Você também pode adicionar uma mensagem




Pais amigos e abençoados corações maternos que solicitais em prece a palavra de filhos inesquecíveis!
Tende fé e serenidade.
Aguardemos.
Ofertai aos companheiros de vossos ideais, pre-sentemente domiciliados no Mais Além, aquilo de melhor que hoje esperam receber do vosso amparo, em forma de paciência e coragem.
Alguns deles se vos apresentam aos corações, aqui mesmo, sem que vos afetem os sentidos controlados na estrutura fisiológica, e outros aguardam refazimento, a fim de se retomarem, junto de vós outros, no trabalho de amor e retribuição que vos devem.
Nossas palavras não se propõem a contemporizar. sustentando-vos a expectativa inquietante, nos círculos de saudade atormentada em que vos debateis. Aspiramos tão-somente a soerguer-vos a esperança.
Cabe-nos afirmar que somos os vossos irmãos renascentes dos conflitos humanos, herdeiros de vossas lutas e de vossas lágrimas, no Plano Espiritual, compreendendo — graças a Deus — quanto vos dóem os claros que vos ficaram impregnados de insatisfação e de ausência nas áreas do lar.
Esperai amando e amai os companheiros que a Divina Providência permitiu vos visitassem no mundo, por algum tempo, realizando por eles na Terra, o trabalho que efetuam por vós, na Espiritualidade Superior: a prática do bem na construção do futuro melhor.
Quanto puderdes, recordai-os, qual se os tivésseis ainda sob o olhar, acalentando-lhes as forças. E, sobretudo, configurai-os na memória não por mortos e sim por existências contínuas, estampadas no sorriso e na alegria com que vos enalteceram a vida.
Compreendei conosco: nossos filhos estão na Terra, ao nosso lado, pelos prodígios da reencarnação, e os vossos, os que vos precederam na Grande Mudança, estão na Vida Espiritual pelas bênçãos da imortalidade, entrelaçando os pensamentos com os vossos e amando-vos, cada vez mais.
A página que vos dedico, enquanto vos escrevo, não é uma pequena mensagem doutrinária: é um recado afetuoso de amigo que vos participa da luta e que pede a Deus vos ilumine e sustente e que a todos nos proteja e nos abençoe.

Recomende esta mensagem

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação."

Chico Xavier & Emmanuel







Deixe seu comentário!