Felicidade

Tela de Leitura

Felicidade Em matéria de felicidade convém não esquecer que nos transformamos sempre naquilo que amamos. Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser. A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação à felicidade que fizermos para os outros.
A alegria do próximo começa muitas vezes no sorriso que você lhe queira dar. A felicidade pode exibir-se, passear, falar e comunicar-se na vida externa, mas reside com endereço exato na consciência tranquila. Se você aspira a ser feliz e traz ainda consigo determinados complexos de culpa, comece a desejar a própria libertação, abraçando no trabalho em favor dos semelhantes o processo de reparação desse ou daquele dano que você haja causado em prejuízo de alguém. Estude a si mesmo, observando que o auto-conhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz. Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é a usina geradora da felicidade.
Se você parar de se lamentar, notará que a felicidade está chamando o seu coração para vida nova. Quando o céu estiver em cinza, a derramar-se em chuva, medite na colheita farta que chegará do campo e na beleza das flores que surgirão no jardim.

"A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação." Chico Xavier - Emmanuel

Mensagens Relacionadas

Comentários.

  1. michelle horbylon disse:

    Essas palavras me dão forças para caminhar............

  2. andreia disse:

    adorei e gostaria muito de receber msg, lancamentos de livros, me identifico muito com o espiritismo e gostaria de saber um pouco sobre o assunto.

  3. +3
    Emanuel disse:

    Na lateral do site há um formulário, mensagens por e-mail, preencha seu e-mail e clique em enviar.

  4. adorei estou precisando destas palavras. (gismauricio@hotmail.com) disse:

    Gostaria de receber algumas mensagens.

Passe Virtual

Receba as mensagens no seu e-mail!


post Felicidade

4.462 de 5 com base em 13 avaliações.
2 resenhas de usuários.

Em matéria de felicidade convém não esquecer que nos transformamos sempre naquilo que amamos. Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser. A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação à felicidade que fizermos para os outros.

Enviar por e-mail